Cerest vai receber mais de 15 mil comerciários para treinamento

Os primeiros dos mais de 15 mil comerciários de Jundiaí começaram a passar pelo Treinamento de Prevenção de Acidentes no Comércio (TPAC), nesta terça-feira (31), no auditório do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest).

O objetivo do programa, elaborado em parceria com o Sindicato dos Empregados do Comércio de Jundiaí e Região (Sincomerciários), é combater os riscos de acidentes de trabalho, já que, no ano passado, a categoria registrou mais de 1.200 ocorrências desse tipo, ficando em primeiro lugar no ranking.

Jesus dos Santos orienta sobre cuidados no ambiente de trabalho

Jesus dos Santos orienta sobre cuidados no ambiente de trabalho

Diariamente, o TPAC será ministrado para duas turmas (manhã e tarde) de 30 trabalhadores cada. Cada aula tem a duração de duas horas. Outras turmas, com número maior de participantes, também já foram formadas e a elas o programa será realizado no próprio local de trabalho.

Os grandes depósitos e supermercados terão turmas compostas por mais de 200 trabalhadores, o que permitirá alcançar o número de comerciários programados até meados de dezembro deste ano.

A aula inaugural do TPAC foi ministrada pelo gerente do Cerest, Jesus dos Santos, e, a cada dia, uma autoridade sanitária assumirá as turmas programadas, tanto no Cerest quanto nos próprios ambientes de trabalho.

“É proibido sair deste auditório hoje sem saber prevenir acidentes”, disse o Jesus dos Santos, logo no início de sua aula. “Vamos aprender sobre os conceitos e definições de risco, perigo, acidente e suas causas e, depois, aplicar as técnicas de prevenção de acidentes, que são muito simples e fáceis”, completou.

O presidente do Sincomérciários, Milton Araújo, também esteve presente à aula inaugural e expôs sobre a expectativa da entidade. “Estamos de mãos dadas com o Cerest e com a categoria nessa luta contra os acidentes de trabalho. E, por certo, nela também teremos vitória. De certa forma, todos achamos que já sabemos prevenir acidentes, mas será aqui que iremos organizar as informações e conhecer como fazer essa tarefa tecnicamente”, completou o dirigente sindical.

Estatísticas
A categoria dos comerciários surpreendeu o Cerest e o próprio Sincomerciários, ao ter registrado, no ano passado, mais de 1.200 acidentes do trabalho. Dentre eles, cerca de 200 foram graves e provocaram lesões que levaram os trabalhadores ao afastamento do trabalho por período superior a 15 dias.

Deste total, constam 53 ocorrências que se deram durante o percurso que o comerciário faz para chegar ao trabalho ou voltar para casa.

Controle social
O presidente do Conselho Gestor do Cerest, Silvio Rodrigues da Silva Santos, também esteve presente na aula inaugural do TPAC e elogiou a atividade. “Vejo que, nesta administração municipal, o Cerest cresceu bastante. Esta iniciativa, por exemplo, de treinar todos vocês do comércio, tem de ser elogiada por nós e por todos. O Cerest não existe somente para fiscalizar e penalizar. Aqui está mais uma prova de que ele orienta, educa e realmente combate tudo aquilo que possa ser prejudicial à saúde do trabalhador”, disse o presidente aos treinandos.

Assessoria de Imprensa
Foto: Fotógrafos PJ

Publicada em 01/04/2015

Localização

R. Anchieta, nº 88
Centro - Jundiaí - SP
CEP 13.201-804

Contato

Telefones: (11) 4521-8666 / (11) 4521-1194
Horário: 8h às 17h de 2ª a 6ª feira
E-mail: cerestjundiai@jundiai.sp.gov.br

Prefeitura de Jundiaí
CEREST | Desenvolvido por CIJUN