Cerest faz campanha para frentistas e motoristas

Engenheiro Celso de Souza: cuidados essenciais

Engenheiro Celso de Souza: cuidados essenciais

O Centro de Referência em Saúde do Trabalhador de Jundiaí (Cerest), em parceria com o Sindicato dos Trabalhadores dos Postos de Combustíveis e Derivados do Petróleo de Jundiaí e Região (Sinpospetro) realiza, na próxima quarta-feira (18), a campanha “Não passe do limite! Complete o tanque só até o automático!”. A iniciativa é estadual, coordenada pelo Centro de Vigilância Sanitária (CVS) e envolve todos os Cerests do Estado de São Paulo.

A campanha consiste na entrega de um folder para cada trabalhador dos postos de combustíveis, bem como na afixação de um cartaz em cada base de trabalho e na distribuição de folheto educativo aos motoristas parados para o abastecimento. De acordo com o engenheiro de segurança do trabalho e autoridade sanitária do Cerest Jundiaí, Celso Augusto de Souza, a campanha tem objetivo de esclarecer sobre os danos que podem ser provocados à saúde dos trabalhadores, motoristas e ao meio ambiente, quando o veículo é abastecido além do limite.

“Quando o frentista não respeita o sinal de travamento da bomba, ele e o cliente se expõem aos vapores da gasolina, que contém diversas substâncias químicas e que são invisíveis aos olhos, mas extremamente perigosas à saúde”, disse Souza. “Outro motivo para o abastecimento até o travamento é a necessidade de evitar a contaminação do meio ambiente. Existe nos veículos um dispositivo chamado cânister, que é conectado ao tanque de combustível, para controlar as emissões de vapores tóxicos. Abastecer “até a boca” pode danificar esse dispositivo e provocar a liberação desses vapores”, continua o engenheiro.

Por último, Souza diz que também é possível evitar danos ao veículo, com o procedimento correto para o abastecimento. “Danificado o cânister, o veículo passa a consumir mais combustível, tem queda de rendimento e pode provocar derramamentos acidentais”, finaliza.

Cuidados especiais
O engenheiro Celso Souza também fala sobre os cuidados especiais durante o abastecimento de veículos. “Primeiro, duas medidas são evidentes: frentistas gestantes devem ser remanejadas da função e crianças não devem se expor aos vapores”, ensinou.

O uso das máscaras respiratórias para vapores orgânicos, avental, luvas e óculos de segurança, durante a coleta de amostra de combustível, na medição do tanque com trena e durante o desabastecimento do caminhão-tanque é indispensável.

Microrregião
Todos os municípios da área de abrangência do Cerest Jundiaí participam da campanha. São eles: Várzea Paulista, Campo Limpo Paulista, Jarinu, Itatiba, Atibaia, Morungaba, Nazaré Paulista, Bom Jesus dos Perdões, Louveira e Vinhedo.

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação

Publicada em 13/03/2015

Localização

R. Anchieta, nº 88
Centro - Jundiaí - SP
CEP 13.201-804

Contato

Telefones: (11) 4521-8666 / (11) 4521-1194
Horário: 8h às 17h de 2ª a 6ª feira
E-mail: cerestjundiai@jundiai.sp.gov.br

Prefeitura de Jundiaí
CEREST | Desenvolvido por CIJUN