Cerest e Sincomerciários planejam novas ações no comércio

O Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) recebeu, nesta terça-feira (20), o presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Jundiaí e Região (Sincomerciários), Milton Araújo, para a discussão dos acidentes do trabalho no setor e o planejamento de ações, em busca da redução do número até agora apresentado. Dentre os resultados da reunião, as ações educativas e de fiscalização em saúde do trabalhador foram as que mereceram destaques.

O gerente do Cerest, Jesus dos Santos, elogiou a iniciativa do Sincomerciários em buscar informações mais detalhadas sobre as estatísticas de Jundiaí, divulgadas sobre o primeiro semestre de 2014, em que a categoria aparece com o maior número de acidentes registrados. Foram 420 casos, dos quais 55 graves, 97 de percurso e 268 leves.

LEIA TAMBÉM
Cresce atuação da Guarda Municipal em Jundiaí em 2014
Calor requer cuidados especiais para quem vai encarar o sol

Diretores do Sincomércio e equipe do Cerest durante reunião

Diretores do Sincomércio e equipe do Cerest durante reunião

“Ficamos felizes quando procurados por Milton Araújo, pedindo ações em parceria para a redução desse número de acidentes na categoria. Isso nos mostra que os comerciários têm representatividade não só na luta em defesa dos interesses econômicos, mas também naqueles que se referem à saúde”, disse Santos.

“Esta reunião de hoje serviu para darmos início ao planejamento de trabalhos educativos no setor do comércio, bem como para intensificarmos a fiscalização. A mídia também terá importante papel em nossas novas ações, já que, por ela, os trabalhadores e comerciantes terão notícias de tudo o que o Cerest e o Sincomerciários estarão fazendo, nos próximos meses”, completou o gerente.

“Precisamos, de imediato, mudar esses números. E, então, estamos aqui no Cerest, para juntos traçarmos as ações necessárias para que os comerciários tenham saúde no trabalho”, disse Milton Araújo.

No Brasil
A situação da saúde dos comerciários apresenta dados preocupantes, desde os anos anteriores. Em 2012, por exemplo, a categoria foi a campeã em termos de acidentes do trabalho no Brasil.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) registrou, nesse ano, 705.239 acidentes e doenças do trabalho, sendo que 48% deles (338.514) são do setor de comércio e serviços. Em 2013, em Caxias do Sul, dois comerciários morreram por causa de acidentes do trabalho.

Assessoria de Imprensa
Foto: Alessandro Rosman

Publicada em 21/01/2015

Localização

R. Anchieta, nº 88
Centro - Jundiaí - SP
CEP 13.201-804

Contato

Telefones: (11) 4521-8666 / (11) 4521-1194
Horário: 8h às 17h de 2ª a 6ª feira
E-mail: cerestjundiai@jundiai.sp.gov.br

Prefeitura de Jundiaí
CEREST | Desenvolvido por CIJUN